sexta-feira, 7 de maio de 2010

Nossa Primeira apresentação fora de casa foi sucesso absoluto! Uh-tererê!


É com satisfação e orgulho que podemos dizer que nos apresentamos num dos melhores lugares do mundo, o Galpão Arthur Netto em Mogi das Cruzes. Desde a calorosa recepção e atenções aos detalhes fizeram com que fizéssemos duas das nossas melhores apresentações. Com o carinho e a dedicação esbanjados pelo Jr, Lê e Rui nos sentimos em casa (e não quebramos nada por lá, isso já é um bom começo!). Não existem palavras que paguem por tudo que estas pessoas nos deram em apenas dois dias. Jamais fomos tão bem recebidos, nem mesmo em nossa cidade. Seria muito bom que as pessoas daqui pudessem seguir o exemplo tão bem representado no Galpão. Sinceramente, em nome do grupo Subteatragicos...

Muito, muito obrigado mesmo.

Porque entre uma gargalhada e outra, um detalhe e uma troca de figurino, nós todos mostramos que pra fazer algo bom, basta ter apenas a boa vontade de acreditar.

Sorte e paz a todos do galpão Arthur Netto.


As Garotas mas lindas do mundo deixaram o galpão mais colorido...
(rsrsrsrsrsr)
Isa, Leticia lis, Janis,Fabrizia.

Faltam 30 minutos para a apresentação, os atores com os figurinos
prontos, é a hora do....
No três...
um...
dois....
três.... MERDAAAAAAAAA......

Marvin rosa, Pedro e Black

Marvin rosa.


Subteatragicos.
Se preparando para a apresentação no galpão Arthur Netto.

Leticia lis

segunda-feira, 12 de abril de 2010


Pela primeira vez em Mogi das cruzes o Grupo Subteatragicos prepara duas bombásticas apresentações. Surpresas e fortes emoções aguardam o público que comparecer ao Galpão Arthur Netto nos dias 23 e 24 de abril às 20h. Contamos com sua presença e lembrem-se: não sentem na primeira fila.

... não acredite no que as linhas dizem, nas letras que formam palavras, nas ladainhas, não existe nada acima, nem abaixo da tua imagem, nem claridade que cegue mais que a tua... Não permita que o esquecimento lance um véu de poeira sobre o passado...


Black, Pedro e Kidão... mais uma vez...

Black, Pedro e Kidão...
"Deixei seu corpo se desfazendo em poeira..."

Black, Pedro e o Kidão... Óooo sou eu...
rsrsrs

Ban e Mari em [Negro Amor]

quinta-feira, 25 de março de 2010

Sinopse do Ato, sem palavras

Pessoas me pediram para falar um pouco sobre o novo espetaculo...
Aqui esta...

"A sinopse do Ato, sem palavras"

Ato s.m (do lat. actus.) 1. Para um ser vivo, movimento adaptado de um fim, ação: ato instintivo, involuntário. – 2. Manifestação da vontade humana: Julga-se um homem pelos seus atos; ato de bondade; de caridade. – 3. Movimento da alma para Deus: ato de fé, de contrição. – 4. Cada uma das partes principais que compõe uma peça de teatro, um balé, etc.

Sem (do lat.sine.) Indica ausência, privação, falta.

Palavra s.f (Do gr. parabole, pelo lat. parabola.) 1. Fonema ou seqüência de fonemas dotados de significação, e que constituem, dentro da estrutura da frase, uma entidade autônoma – 2. Sua representação gráfica. – 3. Som articulado provido de significação. – 4. Meio de expressão oral ou escrita. – 5. Faculdade de exprimir-se pela língua articulada. – 6. Oração, discurso. – 7. Som da voz, maneira de falar.

Menos de um ano após sua formação, o grupo Subteatragicos volta com seu segundo espetáculo cheio de poesia, amor, violência e sem qualquer diálogo.

“O Ato, sem palavras” foi baseado no romance de Fiódor Dostoievski, Os Irmãos Karamazov (a leitura é altamente recomendada), uma das maiores obras deste gênio da literatura russa. O livro começou a ser escrito em 1877 levando alguns anos para sua conclusão e se mostrou muito próximo da realidade atual. Mas a influência do texto serve apenas para a palavra dita, pois mais uma vez o grupo explora o corpo para apresentar situações belas e/ou desconcertantes sobre o entendimento (Incorporação) e adaptação da palavra dita (Corporeidade).

Dentro das nossas pesquisas, criamos um universo completamente perceptivo, visual, um microcosmo usado para discutir Deus, mitologia, suicídio, solidão, preconceito, ignorância, facilidades, medo, frustração, culpa, sexo, nascimento e morte.

O espetáculo foi dividido em pequenas cenas que podem ser trocadas de ordem sem qualquer aviso prévio dando mais plasticidade ao espetáculo:

0 - Abertura;

1 - O Lamento do Rosto Extinto;

2 - A Criação;

3 - Os Ventos;

4 - O Coração Ardente;

5 - O Bruto;

6 - Metamorfose;

7 - A Descoberta;

8 - A Descida;

9 - A Queda;

10 - Para o cão, morte de cão;

11 - Postmortem.

Para cada cena, um texto introdutório que em nada remete à cena vista, compondo mais uma vez um painel de oposição à ação. Neste espetáculo a palavra simboliza a reflexão do movimento (o ato). O mundo e os pensamentos são cheios de palavras para descrever tudo, de alguma forma. Mas o que as palavras podem dizer de nós mesmos? Haveria verbo suficiente para descrever nossos sofrimentos e sonhos? Ou realmente uma imagem vale mais do que mil palavras?

quinta-feira, 11 de março de 2010

O Ato, sem palavras


Alexandre Mendes.

O Ato, sem palavras


Atores: Pedro, Leticia, Nicky, Janis, Fabrizia e Marcelo

O Ato, sem palavras


Atores: Fabrizia, Marvin, Black, Marcelo, Nicky e Leticia.

O Ato, sem palavras


Pedro...

O Ato, sem palavras


Fabrizia...

O Ato, sem palavras


Leticia lis...

O Ato, sem palavras


Atores Pedro, Marvin

O Ato, sem palavras


Atores: Fabrizia, Black, Nicky, Pedro...

O Ato, sem palavras



Leticia lis em cena.

Em breve a sinopse do espetaculo para vocês.

quarta-feira, 10 de março de 2010


Ela não esta atuando nesse Espetaculo...
"O Ato, sem palavras"
Mas a "MINA" não perde um ensaio.
descrição: "Isa = Pessoa feliz"
Ha, ha, ha....

terça-feira, 9 de março de 2010

video

Só um pouquinho para vocês ficarem curiosos...

Atriz: Leticia.

O Ato, sem palavras.


Fabrizia em cena...

segunda-feira, 8 de março de 2010

O Ato, sem palavras


Tem mais fotos só preciso de tempo para selecionar.
Espero que gostem...
Em breve colocarei as outras...
O Horn vai me matar...
Mas ele sabe...
"TUDO PELO BEM DA ARTE" he, he, he...

O Ato, sem palavras

Atores: Pedro, Jany, Nicky, Fabrizia, Black, Japa e Leticia...

Ensaio do dia 5 de Março.

O Ato, sem palavras

Imagem exclusiva do ensaio do grupo mundialmente anônimo SUBTEATRAGICOS, o espetáculo "O Ato, sem palavras" está em fase de conclusão. E agora quem posta coisas aqui sou eu: Kidão!

Para breve, um desbunde visual com as fotos que estou tirando SEM A AUTORIZAÇÃO dele, ha, ha, ha...

Na foto, Black, Ban, Leticia, Fabrizia, Japa e Nicky.

Aguardem novidades!